Um grupo de endinheirados da capital paulista, seguidos por Igor Trafane, Presidente da CBTH (Confederação Brasileira de Texas Hold’en), convenceram hoje o Ministério do Esporte a possivelmente regulamentar o poker, existem empresas que já exploram o jogo no Brasil, amparados juridicamente, exemplo é o ex-ministro da Justiça Miguel Reale Jr.

Segundo Trafane, o ME firmou o compromisso de criar essa equipe para analisar a questão. Segundo a Confederação, o poker deve ser aceito por ser um  esporte mental “Damos um importante passo para regularizar o pôquer no Brasil depois de muitos anos de trabalho”, disse Trafane.”Ministério do Esporte  já estuda a inclusão do poker como esporte da mente, para se juntar ao xadres, dama e gamão.

É estimado que mais de 4milhões de brasileiros joguem poker, ou na web, ou em clubes especializados, por isso o Brasil, já ocupa a 5ª posição mundial no mercado de poker.O PokerStars, principal site de pôquer no país, tem Neymar e Ronaldo Fenômeno como garotos-propaganda.
fonte: GQ