Aconteceu agora a tarde, o juiz Sergio Moro bloqueia R$ 606 mil de Lula, O confisco foi pedido pelo Ministério Público Federal ao Banco Central o valor total é R$ 606.727,12.

O dinheiro do ex-Presidente estava depositado e espalhado em quatro contas bancárias sendo: R$ 397.636,09 (Banco do Brasil), R$ 123.831,05 (Caixa Econômica Federal), R$ 63.702,54 (Bradesco) e R$ 21.557,44 (Itaú).

Moro ainda inclui no confisco três imóveis pertencentes ao ex-presidente, além de um terreno. São os apartamentos de São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista, e dois automóveis.

Congelamento de ativos do ex-presidente, requerido pela Procuradoria da República, foi decretado pelo juiz da Lava Jato até o limite de R$ 10 milhões

O bloqueio dos imóveis do ex-Presidente atinge ‘a parte ideal de 50% correspondente à meação’ – em fevereiro, a mulher do ex-presidente, Maria Letícia, morreu vítima de um AVC.

Os procuradores da Lava Jato solicitaram o bloqueio de uma fortuna de R$ 195,2 milhões, embora a força-tarefa não atribui este patrimônio a Lula, é apenas parte de um cálculo efetuado por procuradores com base em danos à Petrobrás.

Além do ex-presidente, o pedido incluiu como alvo do confisco dona Marisa Letícia, que morreu e teve extinta sua punibilidade.