Internet

Nova ferramenta vai impedir “roubo” de vídeos no Facebook

Nova ferramenta vai impedir “roubo” de vídeos no Facebook

O Facebook vai testar uma nova ferramenta para impedir a republicação não autorizada de vídeos na rede social. Em comunicado, a empresa admite que tem recebido queixas de alguns criadores em relação ao uso indevido dos seus conteúdos por terceiros.

“Os publishers disseram-nos que, às vezes, os seus vídeos são carregados diretamente para o Facebook sem a sua permissão”, avança a empresa liderada por Mark Zuckerberg. Por isso, a nova ferramenta será capaz de encontrar correspondências entre os vídeos carregados pelos utilizadores e um eventual conteúdo original já publicado no site. Desta forma, o Facebook conseguirá impedir que cópias não autorizadas de vídeos sejam publicadas na plataforma — uma prática vulgarmente conhecida por “freebooting”.

Esta ferramenta chega numa altura em que o Facebook tem sido alvo de críticas sobre a falta de soluções para este problemaSegundo a BBC, uma das críticas veio do youtuber Hank Green, num artigo publicado a 3 de agosto no site “Medium”. Na altura, as queixas de Green chamaram a atenção de alguns jornais internacionais, como o The Guardian.

Por agora, a ferramenta só estará disponível para um “pequeno grupo de parceiros”. Quando um vídeo for “roubado”, os criadores originais serão notificados e poderão decidir se querem ou não que o conteúdo seja removido do Facebook.

A rede social tem vindo a expandir-se na área do vídeo ao longo do último ano, com a introdução da reprodução automática destes conteúdos e, no final de junho, chegou mesmo a fazer alterações no seu algoritmo para melhorar a visibilidade dos vídeos no feed de notícias dos utilizadores. Em julho, a empresa revelou ainda que tem planos para começar a partilhar lucros com os criadores de conteúdo, de acordo com a BBC.

Clique aqui para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Topo