Depois do vírus que publicava vídeos pornográficos sem a autorização do utilizador, o Facebook sofre agora com uma nova ameaça.

São 30 vídeos diferentes que atraem o usuário: ao clicar no play, este é automaticamente direcionado para uma página falsa, onde lhe é pedida autorização para partilhar conteúdos na linha do tempo de amigos.

Para aceitar este compartilhamento é pedido ao usuário para efetuar novamente o login e os dados pessoais são instantaneamente roubados.

Caso tenha sido enganado por este esquema fraudulento, deverá mudar imediatamente a senha nas definições de segurança.

Saiba como reconhecer e-mails suspeitos e denunciar.

Veja aqui oito conselhos importantes:

1. Escolha uma senha única e forte. Utilize combinações de pelo menos seis letras, números e sinais de pontuação. Não utilize esta senha para qualquer outra conta que tenha. Você pode também definir e memorizar senhas únicas para a sua conta através de ferramentas como LastPass, KeePass ou 1Password;

2. Pense antes de clicar. Nunca clique em links suspeitos, mesmo se estes venham de um amigo ou de uma empresa que conheça, incluindo links enviados no Facebook (ex: através de chat ou de uma história) ou em e-mails. Se um dos seus amigos clicar num link de spam, poderão identificá-lo ou enviar-lhe acidentalmente mensagens de spam. Se ver algo suspeito no Facebook, reporte-o. Não deve também realizar donwloads (ex: um arquivo .exe) se não tiver a certeza do que são;

3. Fique atento a Páginas falsas e aplicações/jogos. Suspeite de Páginas que oferecem algo que é demasiado bom para ser verdade. Em caso de dúvida certifique-se que é uma Página Verificada. Esteja também atento quando instalar novos jogos e aplicações. Às vezes os burlões usam aplicações e jogos maliciosos para aceder à sua conta de Facebook;

4. Não aceite pedidos de amizade de pessoas que não conhece. Por vezes os burlões criam contas falsas para fazer amizade com pessoas. Tornar-se amigo de burlões permite-lhes ter acesso ao spam na sua timeline, identificá-lo em publicações e enviar-lhe mensagens maliciosas. Os seus verdadeiros amigos também podem acabar por ser um alvo;

5. Nunca forneça as suas informações de acesso (e-mail e senha). Às vezes as pessoas ou Páginas vão prometer-lhe algo se partilhar os seus dados de acesso com eles. Estes tipos de promoções são partilhadas por cibercriminosos e violam a Declaração de Direitos e Responsabilidades do Facebook. Se lhe for pedido que volte a introduzir a sua palavra-passe no Facebook (por exemplo, se fizer mudanças nas suas configurações de conta) verifique se o endereço da página ainda tem facebook.com/ no URL (endereço web);

6. Aceda em www.facebook.com. Às vezes os burlões irão configurar uma página falsa para se parecer com uma página de login do Facebook, na esperança de que introduza o seu endereço de e-mail e palavra-passe. Certifique-se que verificou o URL da página antes de inserir as informações de login. Em caso de dúvida, pode sempre digitar facebook.com no seu motor de pesquisa para voltar para o verdadeiro Facebook. Saiba mais sobre phishing;

7. Atualize o seu motor de pesquisa. As novas versões de motores de busca de internet têm proteção de segurança. Têm por exemplo a possibilidade de o avisar, caso esteja prestes a ser alvo de phishing. O Facebook suporta: Mozilla Firefox, Safari, Google Chrome e Internet Explorer;

8. Execute um software anti-virus. Para se proteger de vírus e malware analise o seu computador.