Sexta-feira (29), o ex-ministro José Dirceu, vai abrir mão do silêncio e vai falar sobre as acusações de que recebeu propina com recursos do Petrolão.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, será a primeira vez que Dirceu será interrogado na Operação Lava Jato pelo juiz federal Sério Moro.

O ex-ministro do governo Lula, que foi preso em agosto de 2015, foi acusado pelo Ministério Público Federal de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Conforme procuradores da Lava Jato, Dirceu recebeu direta ou indiretamente  R$ 11,9 milhões ilicitamente, em forma de pagamentos de empreiteiras que prestaram serviços à Petrobras por consultorias que Dirceu nunca teria feito.

“Zé Dirceu deve falar, ele quer falar”, confirmou um de seus advogados, o criminalista Odel Mikael Jean Antun, nesta segunda (25), em Curitiba.

JOSE-DIRCEU-facebook

 

FT: MSN